Domingo, 26 de Setembro de 2021
28°

Poucas nuvens

Sousa - PB

Política OPINIÃO

O medo do Vené e a marcha ré na pré-candidatura ao Governo do Estado

Medo de ser derrotado nas urnas por candidato fraco, como João Azevêdo.

28/07/2021 às 17h11 Atualizada em 07/08/2021 às 12h29
Por: Leonardo Alves Fonte: Leonardo Alves
Compartilhe:
Senador Veneziano Vital do Rego - MDB. (Foto: Reprodução).
Senador Veneziano Vital do Rego - MDB. (Foto: Reprodução).

Após ser descoberto conversando as escondidas com ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) deu ré na pretensão de aliados em lança-lo como pré-candidato ao Governo do Estado nas eleições de 2022.    

A ré fulminante, do senador paraibano, tem nome: “medo”. Medo da esposa Ana Claudia ser exonerada do cargo de Secretária do Governo João Azevêdo. Medo de perder os poucos aliados que ainda restam dentro do MDB, uma vez que a maioria está encantada com os empregos dados por João, a ex-governador Roberto Paulino, que também virou Secretário de Estado. Medo de ser derrotado nas urnas por candidato fraco, como João Azevêdo. O medo é tanto que Veneziano taxa aliados políticos que defendem sua candidatura ao Governo do Estado de mentirosos, a exemplo do vereador Mikika Leitão presidente da sigla na capital, que até ontem defendia a candidatura do ex-cabeludo.

Parece que aquele Veneziano cabeludo e destemido na política ficou no passado. Ainda na eleição de 2018, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, comparou as forças de Vené as forças de Sansão. Quando cabeludo Vené foi forte e destemido na política, sem cabelo é fraco, frouxo e medroso. 

Quem primeiro atribuiu os adjetivos de político fraco e medroso ao Vené foi o prefeito de Sousa, Fabio Tyrone Braga de Oliveira. Tyrone durante uma coletiva de imprensa, afirmou que o senador era fraco e ingrato por não destinar emendas parlamentares ao município. Naquela oportunidade, o prefeito de Sousa também disse que o Vital do Rego era tão fraco que durante a campanha eleitoral não havia pago se quer um copo d’água e foi bem votado em Sousa. Porém, como caldo de batata, foi eleito e sumiu. 

Depois do gritos de Tyrone, o fraco e frouxo senador, veio com pires na mão pedir desculpas, oferecendo umas migalhas de emendas parlamentares das quais o prefeito não deu mínima. 

Por fim, o Vené está com medo e o medo está com Vené, provavelmente, porque os interesses pessoais estão na mesa e sobrepostos aos interesse do povo paraibano. Os coronéis Vital do Rêgo não são diferentes de outros tantos coronéis da política paraibana.

Leia também: Fábio Tyrone centra fogo contra Veneziano, avisa que não vai pedir ao senador com pires na mão e dispara: “nunca pagou sequer uma água mineral em Sousa”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Leonardo Alves
Leonardo Alves
Sobre Radialista, colunista, blogueiro político. Atualmente apresenta programas radiofônicos na Rádio Líder FM. Por meio desta coluna comentará os assuntos mais quentes e palpitantes da política sertaneja e paraibana, sempre com irreverência e imparcialidade.
Sousa - PB Atualizado às 20h51 - Fonte: ClimaTempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 35°

Seg 35°C 21°C
Ter 35°C 22°C
Qua 35°C 21°C
Qui 35°C 21°C
Sex 35°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes