Segunda, 25 de Outubro de 2021
30°

Poucas nuvens

Sousa - PB

Paraíba CRISTIANO RODRIGUES

COLUNA POLÍTICA: Por que um ataque tão pesado a Julian Lemos?

Após derrota do PT nas urnas, aliados começam as críticas!

10/11/2018 às 09h55 Atualizada em 13/11/2018 às 10h28
Por: Cristiano Rodrigues Fonte: Cristiano Rodrigues
Compartilhe:
Julian Lemos e Jair Bolsonaro: (Foto: Reprodução/Redes sociais).
Julian Lemos e Jair Bolsonaro: (Foto: Reprodução/Redes sociais).

Meus amigos, passada a euforia dos resultados do processo eleitoral de 2018, agora sim podemos comentar as temáticas com mais propriedade e robustez de complementos.

Todos sabem que o recado das urnas foi muito forte, dando tchau ao tradicionalismo, que em sua grande parte foi derrotado de modo e votações vergonhosas. Digamos que essa parcela não compreendeu que a população tem uma nova visão, onde as informações estão abrigadas onde quiserem.

Não há quem conteste o resultado extraordinário do PSL, de presidente da república, ao senado e na representação federal, mas na Paraíba, iniciou um verdadeiro bombardeio de ataques direcionados ao deputado federal eleito Julian Lemos, que é o braço direito do presidente Bolsonaro no nordeste.

Ataques dos que vibravam durante a campanha de que o jogo ia virar em João Pessoa, mas que viram novamente no segundo tuno maioria pró Bolsonaro nos dois maiores colégios eleitorais do estado (JP- CG) , buscaram todos os artifícios para tentar manchar a relação entre Julian e Jair Bolsonaro, mas volto a pergunta do título: POR QUE ISSO?

Talvez seja reflexo de todo um processo onde Julian, iniciou juntamente com os apoiadores da direita de uma pré campanha organizada e não chegando apenas nos seus redutos em época eleitoral, prova disso foram resultados expressivos no sertão. Foram quebrados muitos paradigmas pelo PSL, o qual ele teve papel fundamental, e junto com os demais, conseguiram 156.757 votos para a câmara federal, sendo mais de 70 mil os seus próprios.

Para a ALPB, o partido obteve mais de 83 mil votos, elegendo dois nomes, Cabo Gilberto Silva e Moacir Rodrigues, enquanto o PT viu um nome como Anísio Maia ser derrotado.

Há aquele ditado que diz: "Ninguém chuta cachorro morto". Portanto, acredito que esse ataque ao deputado eleito Julian Lemos se dê por uma dor de cotovelo, já que antigamente para se chegar a um presidente, era necessário toda uma costura, e ele consegue ter livre acesso a Jair Bolsonaro, pelo fato de ser amigo pessoal , vice presidente nacional da legenda e braço direito, tendo sido sim, essencial para o resultado da Paraíba.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cristiano Rodrigues
Cristiano Rodrigues
Sobre Colunista e blogueiro político. Atualmente é acadêmico do curso de história. Por meio desta coluna comentará os assuntos mais quentes e palpitantes da política sertaneja e paraibana, sempre com irreverência e imparcialidade.
Sousa - PB Atualizado às 10h44 - Fonte: ClimaTempo
30°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 35°

Ter 35°C 20°C
Qua 34°C 20°C
Qui 34°C 20°C
Sex 34°C 21°C
Sáb 35°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes