Segunda, 12 de novembro de 2018
83 9-9601-8376
Política

16/10/2018 às 04h18 - atualizada em 18/10/2018 às 14h29

Cristiano Rodrigues

Sousa / PB

Os números não mentem: Lindolfo Pires e aliados criaram expectativas desnecessárias em 2018
A nossa coluna atrás um retrospecto das eleições disputadas por Lindolfo Pires em Sousa.
Os números não mentem: Lindolfo Pires e aliados criaram expectativas desnecessárias em 2018
Números mostram que Lindolfo nunca foi majoritário em Sousa.

Meus amigos, se criou nessa última eleição uma expectativa para que o deputado estadual Lindolfo Pires, que preside o Podemos na Paraíba se colocasse como o mais bem votado na cidade sorriso em detrimento do conjunto de forças que se uniram para o apoiar.


Mas todos também sabiam que seria um fato histórico, já que fazendo uma retrospectiva dos números, Lindolfo nunca foi o mais votado na cidade, levando em conta os dados de 2002 até os dias atuais.


No ano de 2002 ele em Sousa ficou na segunda colocação, onde Lúcio Matos foi o mais votado. O mesmo voltou a ocorrer em 2006, onde tinha o apoio do na época imbatível, Cássio Cunha Lima, ficando atrás do jovem Leonardo Gadelha nas urnas em Sousa.


Em 2010 o embate foi entre o parlamentar, que detinha o mandato e o primo André Gadelha, que havia perdido a eleição de 2008 para prefeito, e mesmo dividindo votos com Salomão, André tirou 13.108 votos e Lindolfo 10.768.


Em 2012 os primos voltam a se encontrar na disputa, dessa vez para prefeito. De um lado Lindolfo com a estrutura e apoio da prefeitura e governo do estado, perde a eleição para André que obteve 18.780 votos e ele obteve 18.029 sufrágios.


Na eleição estadual de 2014, o grupo Gadelha decide lançar o médico Renato Gadelha (PSC), até na época tido como não tão forte politicamente, e por incrível que pareça, mais uma vez Lindolfo fica na segunda colocação em Sousa, tirando 9.940 e Renato 10.537.


Por último, agora em 2018, mesmo com as duas estruturas estadual e municipal juntas, o grupo foi surpreendido pelo ex-aliado Dr. Zé Célio que bateu os dois grupos políticos tradicionais tirando 9.657 e Lindolfo 9.119, sempre tendo um decréscimo de votos na cidade.


Então, com esses dados, esperou vitória em Sousa para Lindolfo quem quis, porque se for levar em consideração o histórico dele nas urnas da cidade sorriso viu que não era nada bom

FONTE: Cristiano Rodrigues

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Cristiano Rodrigues

Cristiano Rodrigues

Blog/coluna Colunista e blogueiro político. Atualmente é acadêmico do curso de história. Por meio desta coluna comentará os assuntos mais quentes e palpitantes da política sertaneja e paraibana, sempre com irreverência e imparcialidade.
Facebook
Copyright © 2018 :: Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo do Debate Paraíba e suas subdivisões. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei