Quarta, 17 de Julho de 2024
33°

Parcialmente nublado

Sousa, PB

Brasil VALORES

Bolsonaro gastou metade do que Lula gastou em cartão corporativo no primeiro mandato

Em valores de dezembro de 2022, no entanto, é como se Lula tivesse gasto R$ 60,7 milhões, e Bolsonaro R$ 30,8 milhões.

13/01/2023 às 09h42
Por: Redação Fonte: O Antagonista
Compartilhe:
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) (Foto: Reprodução).
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) (Foto: Reprodução).

Quando corrigidos pela inflação, os gastos de Jair Bolsonaro com cartão corporativo são menos da metade dos gastos de Lula em seu primeiro mandato entre 2003 e 2006. Em valores nominais, em seu primeiro governo, Lula gastou R$ 22,05 milhões, enquanto Jair Bolsonaro gastou R$ 27,6 milhões. Em valores de dezembro de 2022, no entanto, é como se Lula tivesse gasto R$ 60,7 milhões, e Bolsonaro R$ 30,8 milhões.

Os dados foram apurados por O Antagonista na base de gastos com o cartão corporativo, revelados nesta quinta-feira (12) pelo governo Lula. Lá, estão registradas 29.156 compras do primeiro mandato de Lula; 36.714 do segundo (2007-2010); 18.332 do primeiro mandato de Dilma (2011-2014), 20.337 dos mandatos de Dilma 2 e Temer, e 13.339 compras de Jair Bolsonaro.

Ainda em valores corrigidos pela inflação, o governo de Jair Bolsonaro gastou menos que os mandatos de Lula 2 (R$ 48,9 milhões) e Dilma 1 (R$ 42,3 milhões).  Os gastos só não são menores que os mandatos combinados de Dilma 2 e Michel Temer que, entre 2015 e 2018, gastaram juntos cerca de R$ 25,5 milhões.

Os dados também revelam que o primeiro mandato de Lula teve gastos médios de R$ 41.636 por dia de governo, enquanto Bolsonaro teve média de R$ 21.117. O governo mais econômico foi o de Michel Temer, que teve média de R$ 15.857.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.