Domingo, 14 de Julho de 2024
32°

Tempo nublado

Sousa, PB

Policial INVESTIGAÇÃO

Ação conjunta da Polícia Civil resulta em prisões de homens acusados de praticarem homicídio e em apreensão de drogas, na cidade de Aparecida

Após serem presos, os acusados e todo o material apreendido foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil.

21/06/2024 às 08h37 Atualizada em 25/06/2024 às 13h04
Por: Redação Fonte: Da Redação do Debate Paraíba
Compartilhe:
Após serem presos, os acusados e todo o material apreendido foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil (Foto: Reprodução)
Após serem presos, os acusados e todo o material apreendido foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil (Foto: Reprodução)

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (21), uma ação integrada dos agentes do Grupo Tático Especial (GTE) de Sousa e policiais da delegacia de Polícia Civil de Pombal, foi desencadeada no município de Aparecida, região de Sousa, para dar cumprimento a mandados de prisão e de busca em apreensão.

Após um crime de homicídio ocorrido na manhã do dia 08 de junho deste ano, que teve como vítima o popular Francisco Ananias de Sousa, que tinha 52 anos, as investigações do caso tiveram andamento e foi possível identificar o autor do crime.

Relembre o caso: Popular é assassinado com disparo de arma de fogo em via pública, no município de Aparecida

Dias após de ter praticado o homicídio, o acusado identificado como João Victor Neves de Sousa, conhecido como "Botinha", teria se apresentado na delegacia de Polícia Civil de Sousa acompanhado de seu advogado, porém como não existia mais flagrante, ele foi ouvido e liberado.

As investigações tiveram andamento e foram requeridos pelo delegado responsável pelo caso, dois mandados de prisão, sendo um contra João Victor e outro contra seu familiar conhecido apenas como "Bombom". No dia de hoje, a operação foi desencadeada e logrado êxito nas prisões dos dois indivíduos, como também em posse de "Bombom", foram encontrados pedras de crack e porções de maconha prontas para venda, dinheiro e aparelhos celulares.

De acordo com informações da Polícia Civil, o crime teria sido motivado por dívidas referentes ao tráfico de drogas ilícitas, sendo que a vítima Francisco Ananias, era usuário de tais substâncias.

Após serem presos, os acusados e todo o material apreendido foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil, e apresentados a autoridade policial judiciária, para serem adotados os procedimentos que determinam a lei. Um terceiro envolvido não foi localizado, mas segue sendo procurado pela Polícia Civil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.