Segunda, 17 de Junho de 2024
21°

Tempo nublado

Sousa, PB

Paraíba DENUNCIA!

Acusado de importunação sexual, servidor é afastado do CEA de Sousa

O prazo para a conclusão do PAD será de 60 dias podendo ser prorrogado uma só vez por igual período mediante justificativa.

05/06/2024 às 12h38 Atualizada em 07/06/2024 às 11h03
Por: Redação Fonte: Da Redação do Debate Paraíba
Compartilhe:
O prazo para a conclusão do PAD será de 60 dias podendo ser prorrogado uma só vez por igual período mediante justificativa. (Foto: Reprodução).
O prazo para a conclusão do PAD será de 60 dias podendo ser prorrogado uma só vez por igual período mediante justificativa. (Foto: Reprodução).

O Presidente da FUNDAC - Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Alice de Almeida), Flavio Emiliano Moreira Damião Soares, determinou a instauração de Processo Administrativo Disciplinar (PAD), para apurar suposta importunação sexual praticada contra duas servidoras no interior do Centro Educacional do Adolescente – CEA/SOUSA.

Na portaria (Nº 108/2024/GP), publicada nesta quarta-feira (05) no Diário Oficial do Estado pelo presidente da FUNDAC, também determinou o afastamento por 60 dias do servidor, Adriano Gomes Lourenço, (matrícula 664.298-5), para apurar as possíveis infrações cometidas pelo servidor.

Uma cópia do procedimento administrativo, que apura a denúncia de suposta importunação sexual cometida por Adriano Gomes, foi remetida à Delegacia Seccional de Sousa, para apuração em âmbito penal.

O prazo para a conclusão do PAD será de 60 dias podendo ser prorrogado uma só vez por igual período mediante justificativa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.