Segunda, 20 de Setembro de 2021
30°

Poucas nuvens

Sousa - PB

Política INQUÉRITO NO MP

Ex-prefeito de Triunfo é investigado por possível crime de responsabilidade e improbidade administrativa ocorrido em 2020

O inquérito contra Zé da Mangueira (PTB) aponta desvios de dinheiro público para particulares sob o argumento de concessão de auxílios para pessoas de baixa renda

14/07/2021 às 15h54 Atualizada em 15/07/2021 às 21h54
Por: Redação Fonte: Da Redação do Debate Paraíba
Compartilhe:
Zé Mangueira foi prefeito de Triunfo entre os anos de 2017 e 2020 (Foto: PB Agora)
Zé Mangueira foi prefeito de Triunfo entre os anos de 2017 e 2020 (Foto: PB Agora)

O Ministério Público da Paraíba recebeu o inquérito da Promotoria de Justiça de São João do Rio do Peixe contra o ex-prefeito de Triunfo, José Mangueira Torres, para investigar possíveis atos de improbidade administrativa e crime de responsabilidade sobre desvios de verba pública para particulares.

De acordo com o Inquérito Civil nº 001.2020.017781, assinada pela Promotora de Justiça Flávia Cesarino de Sousa Benigno, da Promotoria de Justiça de São João do Rio do Peixe, o procedimento teve como objeto investigar possíveis atos de improbidade administrativa e crime de responsabilidade previsto no artigo 1, inciso I, Decreto-Lei 201/67, praticados, em tese, pelo investigado, consistente em: Desvio de valores pertencentes ao Município de Triunfo em ano eleitoral (2020) em favor de particulares sob o argumento de concessão de auxílios a pessoas de baixa renda, conforme listagem de supostos beneficiários anexada ao procedimento que tramita em segredo de justiça.

José Mangueira Torres (PTB), popularmente conhecido como Zé Mangueira, é ex-prefeito de Triunfo, onde teve seu mandato entre os anos de 2017 e 2020. Na última eleição municipal o mesmo tentou a reeleição, obteve 2.530 votos, mas não foi reeleito.

Leia também: Chapa inteira de vereadores é cassada em Monte Horebe; Advogados comentam decisão

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.