Domingo, 26 de Setembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Sousa - PB

Justiça O SEGUNDO

Juiz afirma ser suspeito para julgar caso de Ricardo Coutinho e seus irmãos na Operação Calvário

O magistrado Antônio Maroja Limeira Filho, da 6ª Vara Criminal de João Pessoa, afirmou ser suspeito para analisar o caso.

13/09/2021 às 14h56
Por: Redação Fonte: Da Redação do Debate Paraíba
Compartilhe:
O ex-governador Ricardo Coutinho sofre com acusação de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, pelo MP da Paraíba (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
O ex-governador Ricardo Coutinho sofre com acusação de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, pelo MP da Paraíba (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Antônio Maroja Limeira Filho, juiz da 6ª Vara Criminal de João Pessoa, manifestou-se suspeito para analisar denúncia oferecida ao Ministério Público da Paraíba contra o ex-governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB) e quatro irmãos, na Operação Calvário. Segundo o magistrado, questões de foro íntimo foram levadas em consideração para não examinar a acusação.

A juíza Shirley Arantes Moreira Régis também se manifestou, na semana passada, para sair do caso. Ela afirmou que não se sentiu apta a julgar o caso.

O caso

O Ministério Público da Paraíba apresentou uma nova denúncia contra Ricardo Coutinho e seus irmãos, Coriolano Coutinho, Valéria Coutinho, Viviane Coutinho e Raquel Coutinho, além de Denise Krummenauer Pahim, Breno Dornelles Pahim Filho e Breno Dornelles Pahim, todos envolvidos na Operação Calvário. As acusações foram de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Leia também: Bombeiros são acionados para debelar incêndio que atingia residência na cidade de Pombal

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.